Estranho

outubro 24, 2011 at 2:11 am (Uncategorized)

Só o título. Estranho.

-(—- Estranho

Estranho
Como nunca converso
E como não preciso conversar
Pra aprender
Pra explicar

Estranho
Como nunca falo o que deveria
E como não preciso falar
Pra poupar
Pra cuidar

Estranho
Como nunca sou vingativo
E como não preciso ser
Pra perdoar
Pra conviver

Estranho
Como nunca deixo de escrever
E como não preciso deixar
Pra me entender
Pra me aliviar

—-)-

Musa. DCLXVI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: